Interface original do Winamp será leiloada como NFT

O Winamp venderá um NFT (token não-fungível) vinculado à interface original de 1997 de seu famoso media player, tornando-se a mais recente empresa a vincular nostalgia e criptografia. 

publicidade
Interface original do Winamp será leiloada como NFT
Imagem: Divulgação | Winamp

A empresa responsável o colocará  em leilão pela OpenSea entre 16 e 22 de maio, seguido por uma venda separada de 1997 NFTs totais com base em 20 obras de arte derivadas da skin original. 

Venda de interface original voltada a Fundação Winamp

Os rendimentos irão para a Fundação Winamp, que promete doá-los para projetos de caridade, começando com o Music Fund da Bélgica, sem fins lucrativos.

publicidade

A venda parece ser uma combinação de um movimento publicitário e um esforço de angariação de fundos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A empresa está obtendo os NFTs de arte derivada pedindo aos artistas que enviem trabalhos baseados no Winamp entre agora e 15 de abril, dando aos artistas selecionados 20% dos lucros de cada venda. 

Dezenove das peças serão vendidas em edições de 100 exemplares, todos ao preço de 0,08 Ethereum – cerca de US$210 nas taxas de câmbio atuais. 

publicidade

Os artistas receberão 10% de quaisquer royalties nas vendas posteriores, onde o vendedor definirá seu próprio preço.

Interface original do Winamp será leiloada como NFT
Imagem: Reprodução | Winamp

O chefe de desenvolvimento de negócios da Winamp, Thierry Ascarez, disse que os compradores receberão um token blockchain vinculado a uma imagem da skin original vista acima ou de um de seus derivados, que é uma configuração comum para NFTs. 

Os compradores terão o direito de “copiar, reproduzir e exibir” a imagem, mas não terão os direitos autorais. 

publicidade

Da mesma forma, os artistas selecionados concordaram em transferir toda a propriedade intelectual de seus trabalhos para a Winamp, assinando uma página de termos e condições .

História do Winamp

O Winamp não é exatamente um serviço que você jovem deve se lembrar.

O software de reprodução de MP3 foi adquirido pela AOL em 1999, depois vendido para a empresa de rádio online Radionomy em 2014, após um longo declínio e desligamento. 

A Radionomy (e mais tarde sua acionista majoritária AudioValley) o remodelou como um aplicativo mobile e anunciou um novo lançamento mais amplo para este ano. 

No entanto, há uma conexão forte e simbólica entre a forma atual do Winamp e a original diferente de outros projetos de criptografia. 

O serviço de compartilhamento de arquivos peer-to-peer LimeWire recentemente voltou como um NFT, mas não possuí nenhuma conexão ou laço afetivo com o original pois uma empresa simplesmente adquiriu o nome do domínio que estava vencido para lucrar em cima. 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar