Pix pode ficar fora do ar com greve de servidores do Banco Central

Na próxima sexta-feira (1º), os servidores do Banco Central vão entrar greve geral por tempo indeterminado. E isso vem preocupando as instituições e clientes sobre a possibilidade disso poder deixar o Pix fora do ar. Afinal, o serviço faz a transferência de dinheiro entre bancos de forma instantânea e sem pausas 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados.

publicidade
Banco Central
Banco Central (imagem: Divulgação/Gov.br)

Porém, o Banco Central (BC) anunciou nesta terça-feira (29) que tem um plano de contingência para evitar que o funcionamento do Pix seja afetado por causa da greve de seus funcionários.

Em nota, o BC disse que reconhece o direito de “manifestações organizadas” por parte dos servidores e que confia na “histórica dedicação, qualidade e responsabilidade”, além do compromisso com a instituição e a sociedade.

publicidade

PIX: Banco Central diz estar preparado

Na última quinta-feira, durante a entrevista sobre o Relatório Trimestral de Inflação, o presidente do BC, Campos Neto, fez uma afirmação similar, mostrando que o Banco Central teria formas para conter esse problema “caso algo mais severo aconteça“.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

(O Banco Central esclarece que) tem planos de contingência para manter o funcionamento dos sistemas críticos para a população, os mercados e as operações das instituições reguladas, tais como Sistema de Transferência de Reservas (STR), Pix, Selic, entre outros”, disse ele.

Os servidores foram favoráveis pela greve depois de uma movimentação para conseguir um reajuste de 27% e a forma como é feita a reestruturação das carreiras, que se teve inicio no fim de 2021.

publicidade

Primeiro, respeito o direito dos funcionários de exercer qualquer tipo de manifestação, entendo que os funcionários do Banco Central tem um enorme senso de responsabilidade com a qualidade e as entregas dos serviços para a sociedade e que nós temos esquemas de contingência caso algo mais severo aconteça“, disse na oportunidade.

Os funcionários do Banco Central, que trabalham como analistas, têm salário inicial de R$ 19,2 mil que pode chegar a R$ 27,4 mil no ponto mais alto da carreira. Enquanto isso, a remuneração dos técnicos tem uma variação que vai de R$ 7,5 mil a R$ 12,5 mil.

Segundo o presidente do Sindicato Nacional de Funcionários do Banco Central (Sinal), Fabio Faiad, o Pix pode ser prejudicado por não constar na lista de serviços essenciais, que foi definida em lei.

O que não tiver na lei não é serviço essencial. O Pix sofre risco de paralisações parciais, interrupções parciais, manutenção precária“, apontou ele em declaração ao jornal O Globo.

publicidade

A lei sobre direito de greve menciona o serviço de “compensação bancária” como sendo essencial, mas não inclui o Pix ou outras formas de pagamento.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar