Qual a melhor tela de celular deste ano?

Kawane Licheski

29 de maio de 2024

Após tantos lançamentos e inovações em smartphones, qual será a melhor de celular deste ano? Nós pesquisamos dentre várias opções, e vamos te contar neste artigo qual o modelo que mais vale a pena; confira!

publicidade
Melhor tela de celular
Fonte: Shutterstock

 

Qual a melhor tela de celular deste ano?

Para quem vai trocar de celular nas próximas semanas, um fato interessante a se observar é à tela do aparelho. Apesar de parecerem todas iguais, acredite, elas mudam bastante de um smartphone para outro.

publicidade

Sendo assim, surge a dúvida: qual a melhor tela de celular atualmente? De acordo com a DisplayMate, empresa famosa em realizar testes em celulares, a Super Amoled é o melhor modelo da atualidade.

A princípio, a Super AMOLED é uma tecnologia empregada em displays de smartphones, especialmente nos modelos da linha Samsung Galaxy.

Esta tecnologia proporciona telas com brilho intenso, pretos mais profundos e uma construção mais fina, devido ao sensor de toque que é integrado diretamente ao painel.

Quando foi lançada a tela Super Amoled?

Em 2010, a Samsung introduziu a tecnologia Super AMOLED com o lançamento do primeiro modelo da série Galaxy S.

Samsumg Galaxy Z Fold
Fonte: Divulgação / Samsung

 

Esta tecnologia se diferenciava por oferecer cores mais intensas e uma menor taxa de reflexão se comparada ao AMOLED tradicional, que necessitava de uma camada touchscreen separada para operar em dispositivos móveis.

Nesse contexto, o termo Super AMOLED é uma marca registrada pela Samsung, contudo, a inovação que integra o painel à tecnologia de sensor de toque foi incorporada por outras fabricantes de celulares em suas próprias telas OLED, embora sob diferentes denominações.

Uma melhoria significativa ocorreu em 2019 com o lançamento do Dynamic AMOLED no Galaxy S10, que introduziu o padrão HDR10+ nos smartphones da marca.

Como funciona a melhor tela de celular?

Primeiramente, a tecnologia da melhor tela de celular deste ano opera baseando-se nos princípios das telas OLED de matriz ativa (AMOLED).

Samung Galaxy S9
Fonte: Reprodução / Pinterest

 

De forma simplificada, o processo de formação de imagem inicia-se no transistor de película fina (TFT), responsável por regular de maneira precisa a corrente elétrica direcionada para a camada que emite luz, a qual é formada por materiais orgânicos.

Os diodos orgânicos das telas OLED têm a capacidade de emitir sua própria luz, eliminando a necessidade de uma iluminação de fundo (backlight) e permitindo que a tela seja mais fina comparada às LCDs.

Geralmente, a camada orgânica é disposta em uma matriz PenTile (RGBG), que consiste em dois subpixels verdes, um vermelho e um azul. Já o Super AMOLED Plus, que foi introduzido no Galaxy S II, utiliza uma configuração de subpixels no padrão RGB tradicional.

A principal distinção entre as tecnologias AMOLED e Super AMOLED reside na estrutura abaixo do vidro que cobre o painel. No primeiro, é necessário um sensor de toque separado para detectar interações.

Enquanto isso, no Super AMOLED, o sensor é integrado durante o processo de fabricação do painel, resultando em uma proximidade maior entre todos os componentes da tela.

Quais as vantagens e desvantagens da tela Super Amoled?

Dentre as principais vantagens e desvantagens da melhor tela de celular deste ano, podemos destacar:

  • Ângulo de visão ampliado: A proximidade da camada emissora de luz com a superfície do vidro melhora a visualização da tela sob diferentes ângulos;
  • Design mais fino: A integração do sensor de toque ao painel permite uma construção mais fina dos dispositivos, tornando-os mais compactos;
  • Contraste acentuado: Os pixels do Super AMOLED são capazes de produzir pretos mais intensos em comparação com tecnologias como o IPS LCD, resultando em um contraste superior;
  • Cores mais vibrantes: Esta tecnologia é conhecida por sua habilidade em exibir cores extremamente vivas e saturadas, enriquecendo a experiência visual;
  • Eficiência energética: A integração do sensor de toque ao painel otimiza o consumo de energia, contribuindo para uma maior duração da bateria em dispositivos móveis;
  • Melhor visualização em ambientes externos: Com um brilho mais intenso e reflexividade reduzida, as telas Super AMOLED são mais eficazes sob luz solar direta.
Samsung Galaxy S23
Fonte: Reprodução / Truted Reviews

 

Por outro lado, existem desvantagens associadas:

  • Custo de reparo elevado: Devido à complexidade do painel integrado, substituir uma tela Super AMOLED pode ser significativamente mais caro;
  • Taxa de atualização limitada: Diferente de outras tecnologias OLED mais avançadas que utilizam LTPO para ajustar dinamicamente a taxa de atualização, como o AMOLED Dinâmico 2X e o Super Retina XDR, o Super AMOLED possui uma taxa de atualização fixa.

E aí, já sabia quão boa as telas Super Amoleds eram? Conte para gente nos comentários abaixo. Por fim, siga acompanhando a Bit Magazine para mais novidades e conteúdos como este!

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Jogos recomendados

Kawane Licheski
Escrito por

Kawane Licheski

Formada em Administração de Empresas e estudante de Jornalismo. Apaixonada por tecnologia, moda, beleza e cultura pop, há 2 anos fez da escrita e produção de conteúdo sua paixão e profissão.