Roda do Twitter: como vai funcionar a ferramenta que “esconde” tweets

O Twitter divulgou na última terça-feira (3) que está testando um novo recurso que permite conversas partilhada para um grupo de até 150 pessoas: trata-se do Roda do Twitter. O usuário seleciona os amigos que podem entrar na Roda e escolher quais tweets serão visualizados, por todos ou apenas par algumas pessoas do grupo.

publicidade
Twitter
(Imagem: Jeremy Bezanger on Unsplash)

“Alguns Tweets são para todos e outros são apenas para pessoas que você escolheu. Agora estamos testando o Twitter Circle, que permite adicionar até 150 pessoas que podem ver seus tweets quando você deseja compartilhar com um público menor. Alguns de vocês podem criar sua própria Roda do Twitter a partir de hoje”, foi publicado no perfil de atualizações do Twitter.

Ou seja, se somente 10 pessoas puderem ver algum tweet específico, por exemplo, elas também poderão interagir com quem foi selecionado para ver a postagem.

publicidade

O usuário também poderá remover e incluir novos amigos, desde que não ultrapasse o limite de 150 pessoas. O objetivo do recurso é que o internauta tenha mais domínio sobre suas postagens e ser mais pessoal sobre o conteúdo que deseja compartilhar.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Até o momento, somente usuários selecionados conseguem usar funcionalidade. Caso o recurso não apareça para o internauta, isso não impede que ele seja convidado a fazer parte de alguma Roda por quem já tenha acesso.

O Twitter Circle, como também é chamado, está sendo implementado de forma gradual e o objetivo da rede social é que aos poucos todos os usuários possam ter acesso.

publicidade

Elon Musk comunica que Twitter deixará de ser uma plataforma de “nicho”

Desde que o bilionário Elon Musk, dono da Tesla, comprou o Twitter, as especulações sobre as mudanças que a rede social irá sofrer são altas. Durante o evento do Met Gala, no último final de semana, o empresário conversou com jornalistas e contou que seu objetivo é que a plataforma tenha cada vez mais usuários.

Atualmente o Twitter tem em média 40 milhões de usuários diários, comparado com o número do Facebook, que é cerca de 221 milhões. “Neste momento ela é meio de nicho. Eu quero uma porcentagem muito maior do país nele, engajando-se em diálogo”, afirmou o empresário.

Ao ser questionado sobre uma despedida em massa da empresa, principalmente por funcionários que não comemoraram sua aquisição, o bilionário respondeu:

“Certamente, se alguém não se sente confortável com isso, eles estão no seu próprio direito de ir para outro lugar. Está tudo bem”, concluiu.

publicidade

 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar