Por que a saída da Shopee da Índia pode beneficiar o Brasil?

No início desta semana a Shopee confirmou que vai abandonar suas operações na Índia. O anúncio vem apenas alguns meses após a empresa começar a atuar no país e segundo a varejista, o problema tem a ver com as “incertezas do mercado global”.

publicidade
Shopee vai abandonar as operações na Índia
Shopee vai abandonar as operações na Índia (Imagem: Pixabay / Edição)

A Shopee é uma plataforma de comércio eletrônico que chegou ao Brasil em 2019. A empresa ficou conhecida por seus produtos de ótimo custo benefício e hoje faz frente a concorrentes nacionais como o Mercado Livre e até mesmo plataformas como Amazon e AliExpress.

Motivos reais pelo qual a Shopee vai abandonar as operações na Índia

A empresa não deu detalhes específicos sobre o caso, mas fontes internacionais já fizeram várias especulações sobre os motivos reais por trás da ação do Sea Group, empresa que comanda a plataforma.

publicidade

Uma dessas especulações é de que a Shopee não tenha visto uma boa expectativa de crescimento no no mercado do país, principalmente devido a forte presença das concorrentes Amazon e Flipkart na Índia.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Decisão poderia ter a ver com o banimento de Free Fire

Alguns rumores apontam o banimento do famoso jogo de battle royale para dispositivos móveis, Free Fire, como uma das razões para a decisão do Sea Group. Isso porque o governo indiano tem espantado muitos investidores do país com sua pressão regulatória. 

E mesmo negando a relação entre o banimento do jogo e a decisão da Sea, já é de conhecimento público que o grupo estava enfrentando outros problemas políticos na Índia. Vale lembrar que a empresa é de propriedade parcial da Tencent.

publicidade

Perda deles, ganhos nossos?

Com a decisão, a empresa diz que irá redirecionar o capital planejado para ser investido em seu ramo indiano em outros países, incluindo o Brasil.

A empresa esperava investir cerca de US$ 1 bilhão na operação indiana da Shopee. Com a mudança de estratégia, muito provavelmente esse montante será destinado a outros dois mercados onde a varejista tem encontrado relativo sucesso: Brasil e México”, disse a Shopee.

Análises feitas por especialistas apontam para a tendência da Sea de tomar decisões rápidas quando percebe mudanças bruscas em um mercado e a Índia, Brasil e México foram focos importantes para a empresa.

Agora com o encerramento das atividades da plataforma de vendas na Índia, nada mais lógico do que investir nos outros dois mercados.

publicidade

No comunicado, a empresa disse que as liquidações de pagamentos, reembolsos e outros detalhes envolvendo as atividades da Shopee na Índia seriam processados até o fim de maio, mas que clientes do país não poderiam mais fazer compras no aplicativo.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar