Twitter registra queda de receita e crescimento decepcionante

O Twitter divulgou, nesta quinta-feira (10), os ganhos para o quarto trimestre. Os números ficaram abaixo das estimativas dos analistas sobre ganhos, receita e crescimento de usuários.

publicidade

A empresa forneceu orientação de receita para o próximo trimestre variando de US$1,17 bilhão a US$1,27 bilhão – enquanto os analistas esperavam cerca de US$1,26 bilhão, segundo o Refinitv.

As ações da empresa subiram inicialmente no relatório e durante sua chamada de ganhos nas negociações de pré-mercado. Contudo, após as estimativas decepcionantes, caíram 2% até o final das negociações de quinta.

Twitter registra queda de receita e baixo número de crescimento
Imagem: Pexels
publicidade

O Twitter também anunciou um novo programa de recompra de ações de US$ 4 bilhões. Metade disso será uma recompra acelerada, com o restante sendo recomprado ao longo do tempo.

Apesar da falta nos números de crescimento de usuários, o CFO Ned Segal revelou que as metas anteriormente declaradas de atingir 315 milhões de número de usuários ativos diários monetizáveis (mDAUs, na sigla em inglês) no quarto trimestre de 2023 e pelo menos US$7,5 bilhões em receita em 2023 permaneceram as mesmas.

Segal disse que a receita no quarto trimestre foi impactada por uma desaceleração nos gastos dos anunciantes nas últimas semanas do período. Mas ele disse que os gastos aumentaram no primeiro trimestre.

Leia também: Twitter fez lançamento aguardado de ferramenta prometida a meses

publicidade

Números principais

  • Lucro por ação: 33 centavos, ajustado contra 35 centavos esperados, de acordo com uma pesquisa da Refinitiv com analistas
  • Receita: US$1,57 bilhão contra US$ 1,58 bilhão esperado, de acordo com a Refinitv
  • Usuários ativos diários monetizáveis ​​(mDAUs): 217 milhões contra 218,6 milhões esperados, de acordo com StreetAccount

Novo CEO

O relatório é o primeiro do novo CEO, Parag Agrawal, depois que Jack Dorsey deixou o cargo em novembro. Agrawal reorganizou o Twitter em três pilares principais desde que assumiu o comando: Consumidor, Receita e Tecnologia Principal.

Vários funcionários de alto escalão deixaram a empresa desde então, incluindo o ex-chefe de engenharia Michal Montano, o chefe de design e pesquisa Dantley Davis, o chefe de segurança Peiter Zatko e o diretor de segurança da informação Rinki Sethi, informou o New York Times no mês passado.

Leia também: Twitter anuncia integração com carteiras de Criptomoedas e traz mais funções ligadas a NFT inéditas

publicidade

Mudanças nas políticas da Apple afeta receita

O Twitter disse no último trimestre que as mudanças na Apple, que agora permite o usuário a limitar a divulgação de dados de navegação, tiveram menos impacto no período do que o esperado. Já neste trimestre disse em sua carta aos acionistas que o impacto “permaneceu modesto” no quarto trimestre.

Embora a reformulação de nossos produtos de receita à luz das mudanças no iOS relacionadas à privacidade da Apple tenha levado mais tempo, energia e recursos em 2020 e 2021, acreditamos que nossas melhorias de produto ajudaram a reduzir o impacto no Twitter”, escreveu a empresa.

Leia também: Após grande pressão de Governos e público, Twitter lança nova função polêmica

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar