Veja os maiores salários nas vagas de emprego na área de tecnologia

A GeekHunter é uma startup focada em recrutamento especializado e contratação de desenvolvedores de software e cientistas de dados. Imersa na área de tecnologia, a empresa resolveu fazer um levantamento para compreender as proporções deste setor nos últimos tempos.

publicidade
Veja os maiores salários vagas de emprego na área de tecnologia
Veja os maiores salários vagas de emprego na área de tecnologia. (Imagem: Pixabay)

O resultado foi a notoriedade da ágil recuperação da área de tecnologia em resposta aos efeitos da pandemia da Covid-19. Um exemplo é o aumento de 136% nas ofertas de emprego neste setor apenas em 2021. Deste total, 90% consiste na atuação por meio do trabalho remoto, evidenciado e ampliado justamente pela chegada da crise sanitária. 

Enquanto isso, as contratações efetivas apresentaram um crescimento de 182%. Os números são um reflexo do empenho das companhias na imersão ao universo digital. Neste sentido, a GeekHunter estima que, aproximadamente, 15 mil vagas de emprego na área de tecnologia sejam abertas até o final de 2022. 

publicidade

Na oportunidade, o CEO e fundador da GeekHunter, Tomás Ferrari, afirmou que atualmente, até mesmo as empresas mais tradicionais, além de diversas áreas que dependem da evolução digital para a prestação de serviços e vendas, como o marketing, enxergaram a necessidade de ampliar a demanda e, por consequência as equipes. As novas investidas ocorrem em meio à evidente transição digital.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“Ou seja, os profissionais de TI que antes eram praticamente restritos a empresas de tecnologia, passaram a ser ainda mais buscados por outros setores, criando ainda mais demanda”, completou o CEO da GeekHunter.

Média salarial na área de tecnologia

Porém, apesar das vastas oportunidades, a área de tecnologia enfrenta a escassez da mão de obra, refletida na média salarial destes profissionais. No ano passado, os desenvolvedores especializados em backend foram contemplados por um aumento na média salarial em 10,03%. Logo, a remuneração ultrapassou os R$ 7,7 mil.

publicidade

Em seguida estão os profissionais do nicho de full stack, com um aumento médio de 8,67%; o mobile com um reajuste de 5,58%; o ramo de ciência de dados com salários ajustados em 3,25% e frontend recebendo uma média de 2,83% a mais. Neste ano, os salários mais altos são pagos aos profissionais mobile, cuja média passou de R$ 7,5 mil em 2021 para R$ 10,1 mil em 2022. 

Preferências das vagas em tecnologia

A pesquisa da GeekHunter também apontou que mais de 90% das oportunidades de emprego disponibilizadas em 2021 foram para o exercício remoto, conforme mencionado. Para ter uma noção maior sobre tal amplitude, é importante saber que a proporção de vagas remotas em 2019 era de apenas 25%. 

Outro fator apurado na pesquisa é o de que, cerca de 55% dos profissionais da área de tecnologia pediram demissão caso a empresa não mantivesse a modalidade de trabalho à distância. O entendimento de Tomás Ferrari é o de que, o trabalho remoto já não é mais uma questão de escolha das empresas, mas sim, dos candidatos. 

“Se a empresa não se adapta a esse novo cenário, ela eleva o seu desafio de atrair grandes talentos e fica limitada a um pequeno público que está disponível para vagas presenciais. O modelo remoto também amplia as chances de encontrar bons profissionais independentemente do local de atuação”, completou o CEO.

publicidade

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar