Caloi repagina Mobilete com motor elétrico; valor é divulgado

A Caloi, famosa na década nos anos 70 e 80, trouxe de volta sua Mobilete (ou Mobylette), com motor elétrico, visual moderno e autonomia de até 30 km. No momento, só é possível adquirir uma na página oficial da empresa no Mercado Livre – mas, conforme as críticas, é possível a chegada nas lojas até o final deste mês de março.

publicidade
Caloi traz de volta sua Mobylette, com motor elétrico e custando menos de R$ 10 mil
Mobylette (Imagem: Divulgação | Caloi)

Mobilete está de volta com preço alto

O ciclomotor está sendo vendido por R$ 9.199, e a Caloi ao mesmo tempo que repaginou sua moto elétrica, manteve sua essência clássica “Não esqueça a minha Calói” no selim.

Ela chega com um motor de cubo de 350W de potência, sem escovas, que pode ser ativado do modo tradicional, pedalando ou utilizando o acelerador integrado ao seu display. 

publicidade
Caloi traz de volta sua Mobylette, com motor elétrico e custando menos de R$ 10 mil
Imagem: Divulgação | Caloi

Sua bateria de íon-lítio (bivolt), 36 V e 10.4 Ah removível fornece uma velocidade máxima de 25 km/h com autonomia de 30 km por carga, conforme a página oficial da empresa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A nova Caloi, de acordo com comunicado oficial, está “alinhada com as novas necessidades dos consumidores”.

publicidade

O modelo pesa 29,7 kg, feito de alumínio e aço com um design pensado na facilidade de seu piloto no dia a dia, sendo uma mobylette rebaixada facilitando subidas e decidas.

O pedal oferece três níveis: Eco, Mid e High, possui buzina, farol dianteiro, lanterna traseira, tudo que o moto regular precisa para circular com segurança.

A dimensão da Caloi é de 177,3 x 65,4 x 96 cm, com pneus 20 x 4.00 e freio hidráulico com sensor.

Caloi traz de volta sua Mobylette, com motor elétrico e custando menos de R$ 10 mil
Imagem: Divulgação | Caloi
publicidade

A empresa recomenda que o usuário tenha no mínimo 1,65 m de altura. Então, nada de dar de presente para menores de idade e seu peso máximo é de 100 kg, voltada para a vida na cidade. Cabe 5 kg no bagageiro e pode ser uma opção viável para quem precisa se locomover de um lado para o outro em um perímetro pequeno.

A Mobylette surgiu em 1975 e retorna agora, 47 anos depois com garantia para quadro e garfo rígido 5 anos, componentes elétricos (motor de cubo, bateria e display) de 2 anos e demais itens de 90 dias.

Caloi traz de volta sua Mobylette, com motor elétrico e custando menos de R$ 10 mil
Imagem: Divulgação | Caloi

Sobre a Caloi

O italiano Luigi Caloi fundou a empresa em 1898 numa São Paulo onde poucos conheciam o carro.

Com a 2° guerra mundial e a dificuldade de importar peças, a Caloi começou a ser produzida no Brasil em 1945, no Brooklin, SP.

Seu auge foi na década de 70 quando surgiu a famosa campanha que marcou a memória de muitos brasileiros “Não esqueça a minha Caloi” na década de 80, quando lançou a Caloi Cross Extra Light com inspiração no filme E.T – O Extraterrestre.

“Criar a melhor experiência de pedalar para todos os ciclistas, liderando o universo da bicicleta e sendo o parceiro preferido de negócios em todos os canais que servimos.”, declarou a empresa.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar