Spotify anuncia a compra de duas grandes empresas de podcasts

O Spotify revelou seus últimos movimentos para se tornar o líder também no mercado de podcasts com mais duas aquisições corporativas. O serviço de streaming está comprando as empresas Podsights e Chartable. Quem são elas? Empresas de dados.

publicidade

O Podsights mede a publicidade de um podcast, enquanto o Chartable fornece aos criadores de podcast análises sobre sua audiência e público. Então, trata-se de melhorar os relatórios é capaz de fornecer para os podcasters e suas marcas que estão dentro da plataforma.

Leia também: Novidades do Spotify para 2022 traz Podcasts como investimentos principais

A Chartable ficará dentro de seus negócios ao lado de duas outras aquisições: Megaphone (que a empresa comprou em novembro de 2020) e Whooshkaa (comprada em dezembro de 2021). As compras se encaixam na estratégia de áudio do streaming, que é crescer além da música.

publicidade

Ainda de acordo com o Spotify, o objetivo principal da compra é “melhorar a medição de podcasts para anunciantes e insights para editores“.

Spotify
Imagem: Divulgação

Parte das aquisições também vão influenciar no conteúdo musical. Em relação ao Podsights, a empresa gera dados de anúncios e propaganda em ambos os campos.

Com o tempo, planejamos estender esses recursos de medição além dos podcasts para todo o escopo da plataforma Spotify, incluindo anúncios de áudio em música, anúncios em vídeo e anúncios gráficos”, explicou a empresa em um comunicado. “Com a aquisição do Podsights, o Spotify poderá ajudar os anunciantes a entender como os anúncios de podcast impulsionam ações importantes para seus negócios“, emendou.

publicidade

O streaming ainda declarou que a compra do Chatable vai possibilitar que “editores transformem os insights do público em ação e expandam seus ouvintes e, em última análise, seus negócios“.

Expansão do Spotify influencia empresas semelhantes

Em concorrência com o maior streaming de áudio do mundo, a empresa americana iHeartMedia está liderando uma rodada de financiamento da empresa de tecnologia de podcasting, Sounder, que foi cofundada pelo ex-vice-presidente de operações comerciais globais do Spotify.

Outro lembrete que essas aquisições traz é que, para a expansão dos podcasts aconteça (no streaming ou no rádio), não se trata apenas de comprar novos shows ou empresas que produção conteúdo. É preciso também TER uma análise muito maior do mercado.

Se trata tanto (ou talvez mais) sobre a tecnologia de back-end em torno desse conteúdo. E, embora isso possa estar focado em programas inteiramente de áudio, AGORA essa área também pode ajudar essas empresas a gerar mais receita suportada por anúncios.

publicidade

Leia também: Spotify: Como baixar músicas online? Tutorial simples e completo

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar