WhatsApp finalmente vai adicionar recurso que já existe no Telegram

Recentemente, o WhatsApp começou a testar um novo recurso que será capaz de ampliar o compartilhamento de arquivos. De acordo com o Wabetaingo, caso este recurso realmente seja incrementado à plataforma, os usuários conseguirão compartilhar mídias de até 2GB. 

publicidade
WhatsApp finalmente deve ampliar capacidade de compartilhamento de arquivos
WhatsApp finalmente deve ampliar capacidade de compartilhamento de arquivos. (Imagem: Wikipedia Commons)

O novo recurso será compatível com o WhatsApp beta para Android nas versões: 2.22.8.5, 2.22.8.6 e 2.22.8.7 e WhatsApp beta iOS na versão 22.7.0.76. A desvantagem é que, neste primeiro momento, apenas os usuários argentinos terão acesso à nova funcionalidade. 

Enquanto isso, todos os outros usuários precisarão se contentar com o limite atual de compartilhamento de arquivos, que permanece em 100 MB. Mas a limitação aos usuários argentinos não é a única restrição, pois o aumento na capacidade também se direciona exclusivamente aos usuários do sistema iOS. 

publicidade

Por ora, ainda não foi esclarecido se a empresa pretende lançar a ampliação na capacidade de compartilhamento de arquivos do WhatsApp para mais regiões e fora do programa Beta. No entanto, seria extremamente viável que este recurso abrangesse cada vez mais usuários desta rede social. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Até mesmo porque, o atual concorrente do WhatsApp, o Telegram, já possibilita que seus usuários compartilhem arquivos de até 1,5 GB sem se preocupar com a compactação ou qualquer outra medida alternativa que possa promover cortes ou reduzir a qualidade do conteúdo. Contudo, considerando o histórico de ações do WhatsApp, acredita-se que ainda levará um bom tempo para que este recurso seja lançado efetivamente e sem restrições. 

WhatsApp também deve manter mudanças

Até lá, o WhatsApp deve manter apenas o lançamento do “Dispositivo vinculado”, que permite a um mesmo usuário o acesso simultâneo em até cinco dispositivos diferentes. Esta conexão permanece ainda que o dispositivo móvel principal não esteja conectado à internet, o que não era possível até então. 

publicidade

A princípio, o recurso “Dispositivo vinculado” foi lançado também em um modelo de teste no mês de setembro do ano passado, após levar mais de um ano para ser lançado. Enquanto isso, outra mudança que merece destaque são aquelas referentes aos áudios após anos em um sistema tradicional. A primeira alteração foi permitir que os usuários do WhatsApp acelerem a voz e alterem o visual para adicionar barras de som.

Agora, a plataforma também iniciou testes no intuito de permitir que a reprodução de um áudio continue mesmo após sair da conversa. Caso esta funcionalidade seja implementada, o usuário terá mais autonomia, praticidade e otimização na maneira de acessar mais de uma plataforma ao mesmo tempo.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar