Apple vai vender o iPhone como um serviço de assinatura

Segundo informações divulgadas através de um relatório da Bloomberg, a Apple tem investido na venda de produtos como iPhone e iPads com um recurso exclusivo. Trata-se de uma assinatura de hardware, uma ação que seria capaz de inserir a empresa no impulso contínuo e mundial de serviços de assinatura no geral.

publicidade
Apple vai vender o iPhone como um serviço de assinatura
Apple vai vender o iPhone como um serviço de assinatura. (Imagem: PxHere)

Mas o assunto não é bem uma novidade, pois nos últimos anos a Apple fez questão de enfatizar a oferta de serviços de assinatura recorrentes. Os usuários do aparelho da marca podem encontrá-los em aplicativos como o Apple Music, Apple TV Plus, Apple News Plus, Apple Fitness Plus e Apple Arcade. 

Todos eles têm o propósito de fomentar o fluxo de receitas essenciais para a empresa. Boa parte desses serviços, aliás, já foram reestruturados para compor o pacote Apple One.

publicidade

Os usuários da marca já podem observar uma alteração semelhante no hardware, após a Apple incluir um modelo de assinatura mensal direcionado a garantias estendidas, no caso, a AppleCare, ainda em 2019. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

iPhone Upgrade Program é mais um sinal

Em meio a estas ações, a Apple também passou a divulgar com mais intensidade o iPhone Upgrade Program, que possibilita aos clientes o pagamento do custo acordado pelo AppleCare junto a um aparelho com mais de 24 meses.

Quem aderir a este serviço também terá a opção de trocar o aparelho após 12 meses de pagamento. A oferta foi implementada no ano de 2015 e ambos os programas já possuem características semelhantes às de um serviço de assinatura de hardware de várias maneiras. 

publicidade

Contudo, é importante explicar que este novo serviço de assinatura não seria aplicado simplesmente através de uma cobrança mensal baseada no preço total do aparelho dividido por 12 ou 24 meses. Na prática, o adquirente teria que arcar com um custo mensal, que ainda não foi definido, mas com um potencial de opções de atualização para um modelo de hardware mais recente, sempre que houver um lançamento. 

Considerando que as demais assinaturas da Apple estão automaticamente vinculadas à conta Apple ID do usuário do aparelho, haverá a possibilidade de incluir outros serviços, como o AppleCare ou o AppleOne. Hoje, os proprietários de iPhone já conseguem pagar mensalmente à Apple pelos serviços, além de poder pagar mensalmente por um aparelho. Contudo, ainda não foi estabelecido quais serão as taxas e planos distintamente para tornar o gerenciamento possível.

Acredita-se que, com este tipo de iniciativa a Apple esteja em busca da eliminação do intermediário, expandindo as ofertas de pagamento parcelado dos produtos. O iPhone Upgrade Program possibilita que os clientes contratem um empréstimo sem juros através do Citizens One, o qual eles pagarão no decorrer do plano de 24 meses. 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar